RONNIE FIEG

DESIGNER DE CALÇADOS

No ASICS Tiger VOICE, as pessoas que continuam a se expressar pela ASICS Tiger falam acerca do passado, do presente e do futuro da marca ASICS Tiger a partir de seus pontos de vista únicos.

O Vol. 3 apresenta Ronnie Fieg, fundador da nova-iorquina Kith, uma marca e boutique que atraiu a atenção do mundo. Fieg tem uma rica história com a nossa marca ASICS Tiger, com colaborações desde 2007.

Nós pedimos que ele falasse acerca da ASICS Tiger como designer e figura altamente respeitada no setor de calçados.

Ronnie Fieg

Existem muitas marcas. Por que escolheu colaborar com a ASICS Tiger?

O motivo pelo qual a ASICS e eu colaboramos um com o outro origina-se da minha infância. Quando eu tinha 8 anos de idade minha mamã me comprou o ténis GEL-LYTE III original. No início eu não gostei do ténis, porque eu nunca o tinha visto antes. Mas quando eu comecei a usá-lo cada vez mais, cresci para amá-lo. Eu calcei aquele primeiro par até ele ter furos nas solas internas. Eu queria outro par, mas quando fui à loja para comprá-lo, me disseram que não havia mais o GEL-LYTE III. Ele havia sido descontinuado. Isso foi na década de 90. Já em 2007, eu tive a oportunidade de trabalhar com a ASICS em qualquer produto de ténis de GEL retro do livro de arquivos. Enquanto estava a olhar o livro, encontrei o GEL-LYTE III e o meu coração começou a bater mais rápido. Eu sabia que queria trabalhar naquele ténis porque ele significava muito para mim pessoalmente.

Quando colabora com a ASICS Tiger e considera o design e a cor, que aspecto da herança da marca o inspira?

A coisa mais inspiradora para mim ao pensar na herança da marca ASICS Tiger são as suas cores retro. Eu sempre achei importante compreender como esses ténis utilizavam o bloqueio de cores naquela época e por que. Ver a sua utilização de cores brilhantes e os riscos que a marca correu com essa tecnologia naquela época me inspirou a ir realmente além dos limites. Aquilo me fez querer conceber os meus próprios esquemas de cores que iriam, por sua vez, ter o mesmo efeito sobre o mercado.

Ronnie Fieg

Existem muitas marcas. Por que escolheu colaborar com a ASICS Tiger?

O motivo pelo qual a ASICS e eu colaboramos um com o outro origina-se da minha infância. Quando eu tinha 8 anos de idade minha mamã me comprou o ténis GEL-LYTE III original. No início eu não gostei do ténis, porque eu nunca o tinha visto antes. Mas quando eu comecei a usá-lo cada vez mais, cresci para amá-lo. Eu calcei aquele primeiro par até ele ter furos nas solas internas. Eu queria outro par, mas quando fui à loja para comprá-lo, me disseram que não havia mais o GEL-LYTE III. Ele havia sido descontinuado. Isso foi na década de 90. Já em 2007, eu tive a oportunidade de trabalhar com a ASICS em qualquer produto de ténis de GEL retro do livro de arquivos. Enquanto estava a olhar o livro, encontrei o GEL-LYTE III e o meu coração começou a bater mais rápido. Eu sabia que queria trabalhar naquele ténis porque ele significava muito para mim pessoalmente.

Quando colabora com a ASICS Tiger e considera o design e a cor, que aspecto da herança da marca o inspira?

A coisa mais inspiradora para mim ao pensar na herança da marca ASICS Tiger são as suas cores retro. Eu sempre achei importante compreender como esses ténis utilizavam o bloqueio de cores naquela época e por que. Ver a sua utilização de cores brilhantes e os riscos que a marca correu com essa tecnologia naquela época me inspirou a ir realmente além dos limites. Aquilo me fez querer conceber os meus próprios esquemas de cores que iriam, por sua vez, ter o mesmo efeito sobre o mercado.

Ronnie Fieg

Que evolução acha que a ASICS Tiger deve alcançar no futuro?

Eu acho que é importante que a ASICS Tiger seja tão diferente hoje quanto foi na década de 90, com um novo design e novos produtos para ajudar a fazer a marca progredir.